Skip to content

Com golo solitário, Benfica irá a Dortmund buscar a vaga nos quartos de final.

07/03/2017

Golo Solitário

Com um golo solitário do grego Mitroglou, o Benfica leva a vantagem mínima para o confronto diante o Dortmund, porém, não pode-se acomodar com o resultado pequeno e perigoso, os torcedores benfiquistas contam com a boa fase do guarda redes Ederson e do atacante Mitroglou, e assim avançarem para os quartos de final da competição.

Ao mesmo tempo em que muitos torcedores estão confiantes para o duelo, outros temem o pior, pois o único resultado dos encarnados diante o Dortmund na Alemanha, foi um surpreendente 5×0 na temporada 2013/14, na qual a equipa da Luz também possuía vantagem (2×1).

Na partida de ida, a equipa da Luz sofreu diante os visitantes, o técnico Rui Vitoria esta ciente que será necessário uma mudança tática ao elenco, que só não saiu derrotado graças ao guarda redes Ederson e ao atacante Mitroglou, ambos em uma noite inspirada.

Más lembranças ..

Martin Atkinson, o árbitro inglês de 45 anos está na elite da UEFA desde 2009/10, já cruzou os encarnados três vezes, no currículo podemos anotar três derrotas e nenhuma vitória do Benfica.

Na temporada 2014/15 o arbitro Inglês apitou na Alemanha o jogo entre Benfica e Bayer Leverkusen, jogo válido pela fase de grupos no qual os portugueses perderam por 3×1.

O encontro entre o Borussia Dortmund e o Benfica, da segunda mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões em futebol, realiza-se quarta-feira, no Signal-Iduna Park, em Dortmund, a partir das 20:45 locais (19:45 em Lisboa).

Felipe Freitas

Liga 2016/2017: Vit. Guimarães – SLBenfica (0-2)

10/01/2017
by

Esperava-se um jogo complicado para a equipa do SLBenfica, sobretudo pela dificuldade histórica existente naquele campo, que poderia ser impulsionada com a ‘crise da arbitragem’ que supostamente vive o futebol português.

Tal como era esperado, o jogo foi muito disputado, com a equipa da casa a conseguir ter alguns espaços para conseguir impor o seu futebol. No entanto, o SLBenfica tinha a lição muito bem estudada mesmo. Os golos nascem de lances que foram aproveitados da melhor forma. O controlo do jogo e, sobretudo, da bola fizeram com que os 90 minutos se tornassem mais fáceis do que se esperava. Nem a lesão de Fejsa abalou a confiança e a qualidade da equipa, até porque Samaris entrou muito bem e fez, provavelmente, o melhor jogo da época.

Já Éderson continua a realizar exibições constantes, com uma categoria que não se vê em muitos estádios.

Jonas de fininho

Com Jonas a titular, a música é claramente outra. Marcou o primeiro e deu o segundo a marcar, desta feita a Mitroglou. Com a camisola 10 em campo tudo fica mais fácil, sobretudo no que diz respeito às decisões no último terço do campo. Com o avançado grego, fazem um dupla letal – sendo que não podemos esquecer o Raul Jimenez.

Resumo do jogo

Jogo mais tranquilo do que era expectável, com a possibilidade da segunda parte ter servido quase como treino para o jogo de hoje, onde se espera pelo menos a passagem à Final Four da Taça da Liga.

Melhor em campo: Éderson

Vamos lá reativar isto!

06/01/2017
by

Ano novo…hábitos novos!

Vamos lá voltar a escrever aqui…e puxar para que o SL Benfica consiga o 36!

Muitas temas em cima da mesa…vamos ver o que o futuro nos reserva.

CARREGA SL BENFICA

Maldição?

29/02/2016
by

O Benfica só ganhou 6 dos 19 campeonatos em ano bissexto e o último já foi em… 1984. Está na hora de mudar isto!

leap-year-2016-5690429188079616-hp

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Efeitos secundários do Cerelac – muito perigoso para homens benfiquistas

24/02/2016
by

CerelacBolachaMaria__53513.1405339729.1280.1280

BiCampeão nacional de Futebol
TetraCampeão nacional de Basquetebol
TriCampeão nacional de Voleibol
Campeão nacional de Futsal
Campeão nacional de Hóquei em Patins
Campeão nacional de Atletismo, Pista Coberta, Corta-mato e Estrada

Jonas

17/02/2016
by

05165238.jpg

Relato do Golo: https://www.youtube.com/watch?v=aeHYrR70ztc

Simplicidade.

01/02/2016
by

Aquilo que irritava solenemente os benfiquistas no arranque da época é, neste momento, a maior força ofensiva da equipa de futebol: a simplicidade. Os processos, claro está, não são tão rudimentares como nos primeiros jogos e já há mais ideia de jogo, mas o essencial está lá desde sempre: apostar numa dupla de avançados poderosos, misturar jogo aéreo com combinações pelo centro e respeitar a capacidade individual de quem pode provocar desequilíbrios.

Já passamos à fase dos pormenores e, por isso, espero que se saiba manter essa simplicidade  na primeira fase de construção, à saída da nossa área, onde a equipa me pareceu muito frágil em Moreira de Cónegos. Demasiados erros e muita tendência para a solução improvisada, quando estes momentos devem ser dos mais rotinados da equipa. A rever.HD_02422.JPG

%d bloggers like this: